Investigador Emílio Hortlêb e Sindipol lutam para que antigos agentes penitenciários que são agora policiais civis tenham direito ao enquadramento na tabela de referência e à averbação do tempo de serviço

O investigador de Polícia Emílio Hortlêb Moreira Coimbra está iniciando uma luta em favor de antigos companheiros da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) que viraram policiais civis depois de aprovados em concursos públicos e nomeados pelo governo.

A luta dele, com apoio do Sindicato dos Servidores Policiais Civis do Estado do Espírito Santo (Sindipol), tem o objetivo de fazer com que o governo reconheça o direito de promoção na tabela de referência e progressão na tabela de subsídios dos atuais policiais civis, que foram agentes penitenciário e ou agentes sócios educativos, bem como à averbação do tempo de serviço e outras vantagens.

O próprio Emílio Hortlêb trabalhou na Sejus, onde foi aprovado em concurso ocorrido em 1996, tendo sido nomeado em 18 de março daquele mesmo ano. Emílio também é da turma do concurso público para Investigador de Polícia de 1993, mas só foi nomeado na Polícia Civil em  2012. Pediu exoneração da  Sejus e optou pelo cargo de Investigador, que sempre foi o seu sonho.

Emílio Hortlêb tem uma vasta experiência administrativa, pois, na Sejus, sempre ocupou cargo de direção: foi diretor do extinto Centro de Detenção Provisória de Cariacica, da Penitenciária II de Xuri (Vila Velha), da antiga Casa de Custódia de Vila Velha e da Colônia Agrícola de Viana. É formado em Direito.

Ele está convocando seus colegas de Sejus, que agora atuam na Polícia Civil, para uma reunião que vai ocorrer na quarta-feira (13/04), às 9 horas, na sede administrativa do Sindipol, no Centro de Vitória. A reunião vai ser coordenada pela Diretoria do Sindicato, que tem como presidente o investigador de Polícia Jorge Emílio Leal.

De acordo com Emílio Hortlêb, atualmente, na Polícia Civil há entre 80 e 100 profissionais oriundos da Sejus. São, segundo ele, investigadores, escrivães, agente de Polícia e até um médico-legista:

“Precisamos saber quem são todos esses colegas, para que possamos unir força em prol do pedido que faremos ao governo do Estado. Pleiteamos que o governo elabore Projeto de Lei que permita a averbação do nosso tempo de serviço junto ao Instituto de Previdência e Assistência Jerônimo Monteiro (IPAJM). Para isso, contamos com a participação de todos os interessados nessa reunião no Sindipol”, pediu o ex-agente penitenciário Emílio.

Os interessados podem também entrar em contato com Emílio Hortlêb através do email dele, que é o Emilio.hortleb@hotmail.com

O Sindipol fica na rua Alberto de Oliveira Santos, número 42, edifício Ames, salas 1.805 a 1.809.

O presidente do Sindipol, Jorge Emílio Leal, e sua Diretoria defendem o pleito não só dos ex-agentes penitenciários e agentes sócios educativos, bem como já iniciaram também, junto ao presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Euclério Sampaio, discussão em favor também dos policiais e bombeiros militares que pediram “baixa” nas duas corporações para assumir cargo na Polícia Civil, depois de aprovados em concurso.

"Nosso pleito é pelo reconhecimento do direito de promoção e progressão na tabela do subsídio dos atuais policiais civis que atuaram em outros cargos na própria instituição ou também como agentes penitenciários, policiais militares ou bombeiros. Uma alteração na Lei 657/2013, que reestrutura os cargos da Polícia Civil, impede a transferência do tempo de serviço dos policiais civis para efeitos de progressão. Na Polícia Militar isso foi corrigido. O tempo de serviço dos policiais militares que ingressaram no Corpo de Bombeiros, por exemplo, conta para a progressão na carreira. Queremos essa correção também na Polícia Civil”, reivindicou Jorge Emílio.

“A demanda é justa e vamos atuar junto ao governo do Estado para que seja estudada uma solução para esse problema, que tanto prejudica os policiais que dedicam suas vidas à nossa segurança”, concluiu o deputado Euclério Sampaio (PDT), presidente da Comissão de Segurança.

Leia mais sobre o assunto no link  http://www.elimarcortes.com.br/2016/03/solicitacao-do-sindipol-e-encaminhada.html

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger