Superintendência de Polícia Prisional do Espírito Santo bate recorde de prisões em março de 2016

A Superintendência de Polícia Prisional (SPP) da Polícia Civil do Estado do Espírito Santo bateu mais um recorde no mês de março, ao registrar a prisão de pelo menos 47 criminosos, em cumprimento à ordem judicial. O número equivale a 2,2 prisões efetuadas em dia/útil.

No mesmo período, os policiais civis lotados da SPP, sob o comando do delegado Júlio César Oliveira Silva, conduziram 555 pessoas presas para presídios da Grande Vitória. Foram prisões realizadas em flagrante pelos órgãos de segurança pública do Estado e outras frutos de operações efetuadas por demais unidades das Polícias Civil e Militar.

Ainda no mês de março, equipes da SPP saíram às ruas para realizar diligência para cumprir cerca de 200 mandados de prisão. Foram operações efetuadas na Grande Vitória e fora da Região Metropolitana.

No dia 18 de março deste ano, a chefe de Polícia Civil, delegada Gracimeri Soeiro Gaviorno já havia elogiado os policiais civis Calebe Rosa Barcelos, Humberto de Jesus Lucena, Roger José Farina Candeia, Eduardo Nogueira Gomes e Inaldo Moreira de Souza pelos excelentes serviços prestados à sociedade capixaba como integrantes do Grupo de Captura da Superintendência de Polícia Prisional (SPP).

O resultado altamente positivo do trabalho da equipe foi constatado nos números: no ano passado, esses cinco policiais capturaram 435 pessoas acusadas de crimes, que estavam foragidas da Justiça, o que equivale à média de 1.78 preso por dia útil. Desse total, 70  são homicidas. A média agora subiu para 2.2 prisões por dia/útil.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger