Euclério Sampaio pede abertura de CPI para investigar “denúncias de maus tratos, humilhação e perseguição” a policiais militares em Vila Velha

O presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo, deputado Euclério Sampaio, protocolou na tarde desta segunda-feira (02/05) requerimento para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito  com o objetivo de investigar denúncias de supostos maus tratos, humilhação e perseguição que estariam ocorrendo no âmbito do 4º Batalhão da Polícia Militar (Vila Velha).

Pelo menos 10 deputados assinaram o requerimento, incluindo o auto da proposta. A abertura da CPI acontece uma semana depois que o comandante do 4º BPM, tenente-coronel Laurismar  Tomazeli, prestou depoimento à Comissão de Segurança, quando foi sabatinada a respeito das queixas feitas contra ele por policiais militares.

Segundo o deputado Euclério Sampaio, a CPI também terá a finalidade de apurar também fatos relacionados ao “aumento da violência” em Vila Velha.

Em seu depoimento à Comissão de Segurança, Tomazeli contestou a versão da comissão sobre o aumento da violência no município. “A criminalidade teve uma redução de 24% de 2014 para 2015 e de 22% desde o ano passado”, afirmou o tenente-coronel na ocasião.

“Os números oficiais desmentem a versão do comandante do 4º Batalhão. A violência está crescendo e muito em Vila Velha. Além disso, temos que apurar se de fato ele está ou não perseguindo, humilhando e praticando supostos maus tratos aos seus comandados”, emendou o deputado Euclério Sampaio.

“Por isso, o objeto da CPI é apurar também outras denúncias relacionadas ao Comando e a Administração da unidade”, completou o parlamentar.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger