COMANDANTE DO 1º BATALHÃO COMEMORA FATO INÉDITO E AFIRMA QUE PM VAI CONTINUAR NA BUSCA DA PAZ SOCIAL: Vitória fica 30 dias sem registrar assassinatos

Vitória, a capital do Espírito Santo, está alcançando nesta quarta-feira (20/07) um feito inédito: está há 30 dias sem registrar um homicídio. A informação é da Polícia Militar, para quem o fato significa um marco no trabalho da corporação, que busca a pacificação social, visando sempre a paz no seio da sociedade capixaba, que clama diariamente por segurança a todas as instituições que ligadas à segurança pública.

Por trás desse trabalho de pacificação está o 1º Batalhão da PM (Vitória), hoje comandado pelo tenente-coronel Márcio Eugênio Sartório. O oficial mantém a humildade daqueles que sabem reconhecer o valor de seus comandados e de outros atores da segurança pública, como a Polícia Civil, Ministério Público e Poder Judiciário:

“Sabemos que resultados como este não são alcançados por uma só pessoa, ou por um pequeno grupo. Trata-se de um trabalho de muitas mãos. Neste sentido, é de relevância ímpar citar o trabalho diferenciado realizado pelos Oficiais e Praças do 1º Batalhão. Graças ao excelente grupo de Oficiais e Praças que o Batalhão possui é possível termos a certeza que este sucesso não veio a reboque do acaso. A perfeita integração dos órgãos municipais e estaduais também foi preponderante neste resultado, com as ações integradas de segurança pública entre PM, Policia Civil e Prefeitura Municipal de Vitória”, pontua o comandante Sartório.

Outra vertente do 1º Batalhão, segundo seu comandante,  é o trabalho social desenvolvido de forma paralela às atividades operacionais que visa aproximar a unidade das comunidades.

“Nesse contexto busca-se sempre mostrar à sociedade que nossos policiais são formados saindo do meio social e agem para o bem de todos indiscriminadamente”, explica o tenente-coronel Sartório.

Ele destaca que o trabalho tem sido desenvolvido sempre priorizando a paz social dentro de Vitória e visa motivar diariamente todos os militares do 1º BPM para que trabalhem com a consciência de que estão ajudando a melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas que circulam pela capital do Estado e trazer tranquilidade no desenvolvimento das atividades diárias da população.

“Vamos continuar na busca do dígito zero no número de homicídios em Vitória e essa será sempre a luta diária, pois, assim, se terá o conhecimento de que os militares estão dando tudo de si, técnica e operacionalmente, em prol da sociedade capixaba”, disse Sartório.

Vitória já havia sido o município capixaba que apresentou o melhor desempenho na redução dos índices de homicídios em 2015, com registro de 74 homicídios, uma redução de 44% em relação ao ano de 2014. Esta também foi a menor quantidade de homicídios registrada desde 1984. No mês de junho de 2015, o município bateu outra marca histórica, com apenas dois homicídios na capital, melhor registro dos últimos 15 anos.

A taxa para 2015 é de 20,8 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes e deve tirar a cidade da lista das capitais mais violentas do país. A taxa de resolutividade de inquéritos da Delegacia de Crimes Contra a Vida de Vitória foi de 86,5%. No ano de 2015, a Delegacia de Crimes Contra a Vida de Vitória prendeu 184 indivíduos por envolvimento com o crime de homicídio.

(Com informações também do Portal da PMES)



 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger