O DESCANSO DE UM GUERREIRO: Ataque cardíaco mata o coronel Orlady

Por 30 anos, ele serviu com brilhantismo, profissionalismo, ética à Polícia Militar  e à sociedade capixaba. Saiu da ativa e foi para a reserva remunerada. Pensou que iria descansar, mas de imediato, como todo bom soldado, atendeu convite do então presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, desembargador Manoel Alves Rabelo, e aceitou comandar a Assessoria Militar do TJ. Até que um dia os problemas de saúde o impediram de continuar trabalhando. Caminhava com dificuldades, devido a fortes dores nos pés.

Falo do amigo e vizinho Orlady Rocha Filho, que veio a falecer no final da tarde de quarta-feira (27/07), após sofrer um ataque cardíaco. Ele residia em Caratoíra, na Grande Santo Antônio, em Vitória. Orladyr era coronel da Reserva Remunerada da PMES. Seu último cargo na PM foi o de diretor da Diretoria de Inteligência (Dint), onde realizou importantes missões.

Foi sob seu comando que a PM ajudou os demais órgãos de segurança pública e o Ministério Público Estadual a desarticular as diversas quadrilhas responsáveis por uma série de incêndios a ônibus na Grande Vitória. Sob seu comando, a Dint desarticulou quadrilhas comandas por policiais militares – já expulsos – que tinham conchavos com traficantes e chefões dos presídios.

O coronel Orladyr era querido por todos, das praças aos oficiais. Também era admirado no bairro onde morava, pois tinha facilidade de fazer amizades. Acordava cedo. Aos sábados, era o primeiro freguês da feira livre que acontece todos os sábados na rua onde fica sua residência, a Presidente Arthur Bernardes, em Caratoíra. Chegava de madrugada para garantir  frutas e verduras mais frescas, além da carne suína. O coronel era ídolo de meu pai, Joaquim Côrtes, que o considerava um guerreiro e o oficial linha-dura, “que não dava mole para bandidos”.

A morte dele ganhou nota de pesar da Associação dos Oficiais Militares Estaduais (Clube dos Oficiais), da qual era filiado: “É com pesar que externamos nossos sentimentos com o falecimento do nosso oficial Cel RR Orlady Rocha Filho, em data de 27 de julho de 2016. Nesse momento de profunda dor e consternação, a família, os parentes, os amigos e irmãos de farda, comunicam que o velório será à partir das 07 horas na Capela Mortuária do cemitério de Santo Antônio.
Apresentamos nossos votos de estima e consideração. Que o Senhor conforte toda família e amigos.”

Em sua página no Facebook, o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia, também lamenta a morte do coronel Orlady. Para Garcia, o oficial foi uma referência para seus colegas:

“Recebi uma triste notícia neste início de noite. Fui informado do falecimento do coronel PMRR Orlady Rocha Filho, uma referência na Polícia Militar Capixaba e profissional querido e respeitado por todos os locais onde passou, mas, principalmente, na Diretoria de Inteligência.
Deixo meus sinceros sentimentos aos familiares e lamento a passagem desta referência na Polícia Militar”, diz André Garcia, que postou o texto junto a uma foto do coronel Orlady, que, devido ao seu jeito simples e introvertido, não era muito “chegado” a fotografias.

Ex-comandante-geral da PM, o coronel da Reserva Remunerada Edmilson dos Santos, atual diretor Jurídico da Associação dos Militares da Reserva, Reformados, da Ativa da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar e Pensionistas de Militares do Estado do Espírito, também lamentou a morte do colega:

“O coronel Orlady foi um dos grandes responsáveis por minha carreira na Polícia Militar e, especialmente, na Dint. Pessoa brincalhona nos momentos de descontração, mas muito sério e comprometido com o serviço. Pessoa que, anonimamente, contribuiu muito com a história da PMES. Grande, grande perda. Muito triste.”

Foi-se o homem, mas ficou sua generosidade para os amigos. Foi-se o oficial, mas ficou seu legado para praças e oficiais da Polícia Militar do Espírito Santo. Foi-se o cidadão Orlady Rocha Filho, mas ficaram sua credibilidade e respeito junto à população capixaba.

Descanse em paz, coronel Orlady!

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger