Associação Geral dos Militares do Espírito Santo oferece recompensa de R$ 3 mil para quem ajudar a prender os assassinos do sargento Zózimo

A Associação Geral dos Militares Estaduais (AGEM/PM/BMES) está oferecendo recompensa de R$ 3 mil para quem souber de informações que possam levar a polícia a prender os dois homens acusados de matar o sargento da Reserva Remunerada da Polícia Militar Zózimo Gomes. O policial foi morto a tiros, de forma covarde, quando estava na frente de casa, em Nova Itaparica, Vila Velha, por volta das 20h30 de quinta-feira (01/09), retirando compras de dentro do carro.

A rua onde Zózimo morava com sua família possui circuito de videomonitoramento e a ação criminosa foi gravada. Um vídeo  mostra o momento em que um policial militar foi assassinado. Zózimo foi abordado por um dos criminosos armado que saiu de um Honda City preto.

O bandido revistou o PM, encontrou uma arma na cintura dele e atirou várias vezes contra o policial. Após atirar no policial, o bandido rouba a sua arma, que estava no chão, e foge correndo.

“É lamentável a morte de mais um policial militar. O sargento Zózimo foi assassinado covardemente. Foi executado a tiros só porque os bandidos descobriram que  ele era policial e estava armado. A nossa Associação está oferecendo recompensa de R$ 3 mil para quem souber do paradeiro dos assassinos e entrar em contato com a polícia imediatamente. Pode ligar para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa ou para o Disque Denúncia (181)”, pediu o presidente da AGEM/PM/BM/ES, Maxson Luiz da Conceição. "Torcedor fanático do Rio Branco, o sargento Zózimo era muito querido na tropa", completou o dirigente de classe.

Por meio de nota, o presidente da Associação dos Oficiais Militares do Estado do Espírito Santo (Clube dos Oficiais/Assomes), major PM Rogério Fernandes Lima, também lamentou a morte do sargento Zózimo:

“O Clube dos Oficiais/ASSOMES se solidariza com toda família Policial Militar e em especial com os familiares e amigos do Sargento da Reserva Remunerada (RR) Zózimo Gomes, que, depois de décadas de relevantes e exaustivos serviços prestados à população capixaba, foi covardemente executado por infratores da Lei, na noite desta quinta-feira (01).”

Rio Branco decreta luto

O presidente do Rio Branco, Maurício Cézar Duque, prestou  solidariedade a família do sargento  Zózimo Gomes, morto a tiros na porta de casa, em Vila Velha e que era um fanático torcedor do Capa Preta. Maurício Duque decretou luto no clube:

“É com pesar que o Rio Branco Atlético Clube comunica o falecimento do seu torcedor Zózimo Gomes. O Rio Branco se solidariza com amigos, familiares e toda família capa-preta. O velório acontecerá no cemitério Jardim da Paz, Serra, às 16 horas”, diz a nota.


 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger