NOVO COMANDANTE-GERAL DA PM É INDICAÇÃO DO PRÓPRIO SECRETÁRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA: Coronel Laércio assume o lugar de Marcos Antonio do Nascimento

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, André de Albuquerque Garcia, usou de uma estratégia política coerente ao anunciar o nome do coronel Laércio Oliveira como novo comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo. Garcia conseguiu até mesmo sensibilizar o governador Paulo Hartung, que estava inclinado a convidar outro coronel, mais moderno do que Laércio, para o posto. A escolha do antecessor de Laércio foi do próprio Hartung.

Se a ideia do governador prevalecesse, poderia causar um novo mal estar no Alto Comando da PM, pois é tradição na caserna que um comandante-geral seja sempre escolhido dentre os coronéis mais antigos e não dentre os mais modernos, aqueles que acabaram de ser promovidos. Laércio Oliveira está entre mais antigos, além de possuir inúmeras virtudes técnicas, pois sempre foi considerado um excelente profissional.

Laércio Oliveira, atual comandante do Policiamento Ostensivo Metropolitano, assumirá o cargo a partir de janeiro de 2017. Entra no lugar do coronel Marcos Antonio Souza do Nascimento, que, por sua vez, será remanejado para a Subsecretaria de Inteligência da Sesp. Já o subsecretário de Inteligência, delegado José Monteiro Junior, ocupará uma assessoria especial, onde será o coordenador do Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e à Corrupção (Nuroc).

De acordo com o Portal do Governo do Estado, o secretário André Garcia destacou que, com as mudanças, haverá reforço na equipe da Sesp. "Como fizemos quando trocamos o comando da Polícia Civil, estamos trazendo mais um quadro de perfil técnico para nossas fileiras, onde poderemos contar com as novas ideias de quem chega, no caso do coronel Laércio, e com a experiência de quem fará parte da Secretaria, com o coronel Marcos Antonio. Nosso objetivo continua o mesmo: redução dos indicadores criminais, principalmente os de homicídios", finalizou André Garcia.

Em sua página oficial no Facebook, Garcia fez uma paródia com um chavão usado no futebol para justificar as mudanças:

“Em time que está ganhando se mexe. Aliando a experiência e comprometimento e buscando novas experiências de gestão, fizemos mais uma troca de comando. A exemplo do que fizemos na Polícia Civil, com a indicação do delegado Guilherme Daré para o comando da Instituição e a nomeação da delegada Gracimeri Gaviorno para a subsecretaria de Integração Institucional, desta vez, as mudanças foram na Polícia Militar”, disse Garcia, que ainda destacou:

“Assume o comando geral da PM o coronel Laércio Oliveira, com perfil operacional e que, atualmente, coordena o Policiamento Ostensivo Metropolitano. Coronel Marcos Antonio Souza do Nascimento deixa o comando e traz sua experiência para a subsecretaria de Inteligência. E o delegado José Monteiro Junior continuará contribuindo como assessor especial e coordenador do Nuroc. Estas mudanças darão fôlego para a nossa busca incessante por redução nos indicadores criminais - principalmente homicídios. Vamos trabalhar para que em 2017 o Espírito Santo alcance o oitavo ano de queda nas mortes violentas. Esse é o nosso compromisso.”

Ao assumir o governo pela terceira vez, em janeiro de 2015,  Paulo Hartung nomeou o coronel Marco Antonio Nascimento para o comando-geral da PM e a delegada Gracimeri Gaviorno para a Chefia da Polícia Civil, atendendo pedido de seu primeiro chefe da Casa Militar, o coronel da reserva Nivaldo Vieira. Desta vez, a nomeação dos chefes das duas corporações é de responsabilidade direta do próprio secretário de Estado da Segurança, que reassume, assim, o protagonismo que o cargo lhe confere. É mais do que justo.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger