Solenidade marca passagem de Comando-Geral da Polícia Militar

A Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) tem um novo comandante-geral. O coronel Laercio Oliveira assumiu o comando durante uma solenidade realizada na noite de segunda-feira (16/01) no Quartel do Comando-Geral, em Maruípe, Vitória. O evento contou com a presença do governador do Estado, Paulo Hartung, do secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia, entre várias autoridades civis e militares, além de amigos e familiares dos comandantes substituído e substituto.

Ritos militares como revista à tropa, entrega da espada ao novo comandante-geral e desfile militar marcaram a cerimônia. O coronel Marcos Antonio Souza do Nascimento deixou o cargo que assumiu no dia 15 de janeiro de 2015. Ele permaneceu no comando por dois anos e agora assume a Subsecretaria de Inteligência da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SESP).

Ao deixar o cargo, o ex-comandante agradeceu a todos que estiveram ao seu lado durante o tempo que esteve no comando da PMES e destacou o início de sua missão frente ao comando da PMES.

“Quando fui promovido ao posto de coronel pensava que havia alcançado a última etapa da minha jornada na Polícia Militar, a fase mais importante, mais esperada e também mais complexa, haja vista as enormes responsabilidades a serem então assumidas. Mas eis que me aguardava um desafio bem mais complexo. Quando fui convidado para assumir o mais alto posto desta Corporação, em janeiro de 2015, estava consciente de que as dificuldades a serem enfrentadas tornariam ainda mais desafiadora a já complexa tarefa de comandar a Instituição”, disse Marcos Antonio Souza do Nascimento.

Em seu discurso, o coronel também falou sobre as conquistas obtidas durante o seu comando:

“Dentre diversas entregas destaco algumas, como o Batalhão Rotam, a reforma do Batalhão de São Mateus, a reforma e a ampliação do auditório aqui no Quartel do Comando-Geral; a sala de reunião do Alto Comando, a reforma e a ampliação do Batalhão de Missões Especiais; a aquisição de grande quantidade de materiais bélicos e de proteção, a aquisição de bicicletas para o bike patrulhamento, q aquisição de equinos e de 53 viaturas que estão em fase final de plotagem e montagem de acessórios para entrega, além de diversas outras conquistas importantes que  proporcionam condições dignas de trabalho aos nossos policiais e de prestarem um serviço de excelência ao cidadão capixaba. Sobressai também a transformação do Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Policia Militar do Espírito Santo, o antigo CFA, em Instituição de Ensino Superior de Ciências Policiais e Segurança Pública da Policia Militar do Estado do Espírito Santo, o ISP. Uma vitória muito importante que moderniza sobremaneira a formação e a qualificação dos profissionais de segurança pública. O Comando abraçou este projeto, juntamente com a Secretaria de Segurança Pública, e avalizou todas as etapas que foram construídas e muito bem encaminhadas pela Diretoria de Ensino junto aos órgãos estaduais competentes: o Conselho Estadual de Educação, a Procuradoria Geral do Estado e a Secretaria de Educação. Além dessa transformação, obras de melhoria e ampliação estão em andamento no Instituto, englobando investimentos de mais de um milhão e meio de reais”.

O ex-comandante da Polícia Militar mencionou também a queda de homicídios no Estado. “Merece destaque especial o comportamento dos índices de crimes letais intencionais que mantiveram a tendência de queda, fazendo melhorar sensivelmente a posição do Estado em relação aos outros da federação, inclusive sendo motivo de elogios na mídia nacional, o que não é para se comemorar quando se trata de homicídios, mas para refletirmos que estamos no caminho certo”.

Ao final, o coronel Marcos Antonio disse estar com o sentimento de dever cumprido e deu as boas-vindas ao seu sucessor. “Deixo hoje o Comando-Geral da Polícia Militar do Espírito Santo com sentimento de dever cumprido. Tranquiliza-me saber que doravante, a Instituição permanecerá firme, comandada por um Coronel possuidor de todos os atributos que a função exige e composta por profissionais competentes e abnegados. Sucesso, coronel Laércio, conte sempre comigo”, finalizou.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia, iniciou o discurso ressaltando o quão é importante e significativa a cerimônia realizada, tanto para os presentes quanto para os policiais que estão nas ruas cumprindo o papel.

“O evento de hoje pode ser traduzido como uma celebração de tradição. Mais do que a conclusão de um natural processo sucessório, a tradição a que me refiro consiste na ratificação de um compromisso: de prosseguir cumprindo com a missão de servir e proteger a sociedade capixaba”.

Garcia também agradeceu ao ex-comandante pela amizade, parceria e lealdade incondicionais, além de desejar sucesso ao novo comandante da PMES.
Ao final foi feito o descerramento da foto do ex-comandante, no gabinete do comandante-geral.

O novo comandante-geral

O coronel Laércio Oliveira é natural de Vitória, está na PMES há 29 anos. Ele era responsável pelo Comando de Polícia Ostensiva Metropolitano (CPOM) e por todos os Batalhões da PMES localizados na Região Metropolitana da Grande Vitória. Dentre as diversas funções exercidas na Polícia Militar, o coronel já comandou a Ronda Ostensiva Tática Motorizada (Rotam), o Comando de Polícia Ostensiva Especializado (CPOE), foi diretor de Apoio Logístico da Polícia Militar e também do Centro Integrado de Operações e de Defesa Social (Ciodes).

Perfil 
Coronel Laércio Oliveira
Brasileiro, Casado, 50 anos

Cursos
- Curso de Formação de Oficiais na Academia de Polícia Militar de Minas Gerais, 1987 a 1989.

- Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, com Especialização em Segurança Pública, na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), em 2001.      

- Curso de Pós-Graduação em Administração Pública na Universidade Gama Filho, em 2008.

Principais cargos e funções exercidos
- 1992 a 1994: chefe da Diretoria de Promoção Pessoal
- 1996 a 1997: Missão de Paz das Nações Unidas em Angola
- 2002: chefe da Seção de Pagamento de Pessoal (Atual DRH/4)
- 2004 a 2005: chefe do COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar), onde participou diretamente da implementação do Ciodes no âmbito da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social
- 2006 a 2008: chefe da Seção de Recrutamento e Seleção (Atual DRH/5)
- 2008 a 2010: chefe do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (NOTAer), da Secretaria da Casa Militar do Governo do Estado
- 2010 a 2012: comandante do Batalhão de Ronda Ostensiva Tática Motorizada (ROTAM)
- 2012 a 2013: diretor do Ciodes
- Fevereiro e Julho de 2015: diretor de Apoio Logístico
- Julho de 2015 a Fevereiro de 2016: comandante do Comando de Polícia Ostensiva Especializado (CPOE)
- Fevereiro de 2016 a Janeiro de 2017: comandante do Comando de Polícia Ostensiva Metropolitano (CPOM).

(Texto e fotos: Secom/ES) 

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger