ESPÍRITO SANTO SE TRANSFORMA NUM ESTADO SEM LEI: Investigador da Divisão de Homicídios tenta evitar assalto e é assassinado em Colatina

O investigador de Polícia Civil Mário Marcelo de Albuquerque, o Marcelinho, acaba de ser assassinado a tiros, em Colatina, Região Noroeste do Espírito Santo. É mais uma vítima da onda de violência que se instalou no Estado desde o último final de semana, quando policiais militares foram impedidos de sair dos quartéis porque seus familiares, em protesto  por melhores salários, bloquearam as unidades da PM.

Marcelinho foi baleado quando, mesmo de folga, tentou evitar um assalto. Os criminosos, que estavam de moto, atiraram em Marcelinho e fugiram. O policial chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital São Bernardo.

De acordo com as primeiras informações,  Marcelinho e outro colega aproveitaram a folga para ir a Colatina visitar parentes. Na altura da curva Mário Cassani,  a cerca de 20 quilômetros do centro de Colatina, na BR-259, Marcelinho e o colega presenciaram o assalto. Eles intervieram num roubo a um cidadão. Houve troca de tiros,  Marcelinho foi baleado no abdômen e os bandidos fugiram.

Marcelinho estava lotado na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Era um profissional bastante querido entre os colegas. Por volta das 20h30 desta terça-feira (07/02), equipes da DHPP se deslocaram para Colatina a fim de investigar o assassinato e tentar prender os criminosos. Desde o final de semana, mais de 70 pessoas foram assassinadas no Espírito Santo.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger