Polícia Civil planeja ações com Exército Brasileiro no Espírito Santo

O chefe da Polícia Civil, delegado Guilherme Daré, reuniu-se com o comandante da Força-Tarefa conjunta aqui do Estado, general Adilson Katibe, e com o comandante do 38º Batalhão de Infantaria, tenente-coronel Oliveira Costa. A reunião teve o objetivo de planejar ações conjuntas e fortalecer a integração dos órgãos que estão cuidando da segurança pública no Estado do Espírito Santo.

Participaram da reunião o assessor especial da Polícia Civil junto à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, delegado José Monteiro, o chefe do Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas (Nuroc), delegado Raphael Ramos, o superintendente de Polícia Especializada (SPE), delegado José Darcy Arruda, e seu adjunto, delegado Diego Yamashita, o superintendente da Tecnologia da Informação e Comunicação (Sutic), delegado Joel Lyrio, e outros delegados.

“A Polícia Civil não tem medido esforços para apresentar resultados de polícia judiciária diante dos eventos que vêm ocorrendo nos últimos dias. Estamos agilizando o registro de ocorrências, fortalecendo as equipes de investigação e facilitando o compartilhamento de informações de inteligência”, afirmou chefe de Polícia.

Guilherme Daré ainda reforçou o apoio da Polícia Civil aos trabalhos realizados. “A Polícia Civil está à disposição para cooperar e trabalhar com integração a fim de viabilizar as ações de segurança pública com vista à normalização e à estabilização do cenário”, destacou.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, José Levi Mello do Amaral Júnior, retornou ao Estado, nesta segunda-feira (13), para acompanhar os trabalhos das forças de segurança e o desenrolar da situação. No início da tarde, o ministro e sua comitiva estiveram no Palácio Anchieta, sede do Poder Executivo Estadual, em Vitória, onde discutiram com o governador Paulo Hartung e o vice-governador César Colnago a atuação das forças de segurança.

O trabalho em conjunto das Forças Armadas com a Força Nacional já permitiu que, no final da semana, os cidadãos de Vitória tivessem uma maior sensação de segurança. Reforçam o policiamento do Estado, aproximadamente, 3500 homens distribuídos entre Força Nacional de Segurança (FNS) e Exército Brasileiro. Além do policiamento ostensivo, o efetivo militar atua nos Terminais Rodoviários, ônibus e garagem de empresas responsáveis pelo transporte público.

(Com informações da Secom/ES)

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger