NOVO SISTEMA VAI PERMITIR AGENTES DE TRÂNSITO A IDENTIFICAR VEÍCULOS ROUBADOS: Vitória vai aposentar blocos de papel e usar Talonário Eletrônico para multar motoristas e motociclistas infratores

Os agentes de trânsito de Vitória estarão em breve trabalhando com o chamado Talonário Eletrônico. A Prefeitura vai aposentar os tradicionais blocos de papel e entregar smartfones a cada um dos agentes. O novo sistema vai aumentar a segurança na hora da aplicação de infrações a motoristas e motociclistas e, ao mesmo tempo, permitirá aos agentes de trânsito saber, em tempo real, se determinado veículo multado tem ou não restrição – ou seja, se é fruto de roubo ou furto.

A Prefeitura Municipal de Vitória deixa claro que a intenção não é criar nenhuma indústria de multas relativas a infrações de trânsito e sim possibilitar uma melhor e maior gestão e controle.

Ao flagrar uma infração, o agente de trânsito vai digitar o número da placa e terá todas as características do veículo. Vai saber na hora se o carro é furtado ou roubado. Se for, o agente de trânsito poderá entrar em contato com outras equipes, que cercarão o veículo e prender os suspeitos.

De acordo com fontes da Prefeitura, o novo sistema, quando entrar em funcionamento, não vai mudar em nada e nem aumentará o número de multas. O que muda com a implantação do Talonário Eletrônico é que com ele a Administração Municipal poderá promover uma melhor gestão de equipe, como, por exemplo, acompanhar a produtividade dos agentes, se cientificar se eles estão, de fato, cumprindo a rota de fiscalização determinada por sua Chefia.

Também vai permitir à Administração ter dados reais e em tempo real sobre número de infrações de trânsito. A Prefeitira passará a conhecer com mais fidelidade as ruas e bairros o de mais ocorrem infrações. Hoje, para obter informações sobre multas, os gestores da Prefeitura têm que se socorrer ao sistema excel. A Prefeitura vai sair de um processo arcaico e entrar num sistema moderno.

Além da modernização, o Talonário Eletrônico poderá evitar erros na hora da aplicação da multa. É comum motoristas multados apresentarem em suas defesas que sequer estiveram no local apontado na infração. Costumam provar que os agentes, na hora de anotar a placa, escreveram o número errado no bloco de papel.

Esse tipo de erro acontece com mais frequência quando o motorista está em alta velocidade ou avança um sinal luminoso. Com o smartfone, o agente perde menos tempo para digitar a placa e, com as características do veículo na tela do aparelho, terá a certeza de que multou o carro certo.

Num segundo momento, os smartfones dos agentes de Trânsito de Vitória estarão interligados ao sistema do Ciodes, que poderá passar aos guardas municipais a ocorrência de roubo de carros no mesmo momento em que a polícia for avisado sobre o evento criminoso.

De todo modo, ao entrar em operação, o sistema já identificará veículos com restrição também até aquele momento.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger