Clube dos Oficiais busca apoio do presidente da Assembleia Legislativa para retomada do diálogo com o governo e apresenta propostas de melhoria na segurança pública

O presidente da Associação dos Oficiais Militares Estaduais do Espírito Santo (Assomes/Clube dos Oficiais), tenente-coronel Rogério Fernandes Lima, continua a sua incessante luta para tentar sensibilizar o governador Paulo Hartung (PMDB) e demais membros do primeiro escalão do governo a dialogar com os policiais e bombeiros militares na importante agenda da categoria para a melhoria da segurança pública do Estado.

Na manhã de terça-feira (17/10), o tenente-coronel Rogério se reuniu com o presidente da Assembleia Legislativa (Ales), deputado estadual Erick Musso. O objetivo, afirma o presidente do Clube dos Oficiais, “foi o de retomar o diálogo e construir pontes que possibilitem melhorias nas carreiras dos policiais e bombeiros militares do Espírito Santo”.

Em pauta, o tenente-coronel Rogério apresentou algumas propostas ao presidente da Assembleia Legislativa  para serem debatidas e que otimizariam o serviço policial, tais como o Bacharelado em Direito para ingresso no Curso de Formação de Oficiais (CFO) da PM e do Corpo de Bombeiros; a valorização salarial para o policial e bombeiro militar. Neste item, a proposta apresentada pelo Clube dos Oficiais é de que o militar estadual que permanecer por mais de três anos no mesmo posto ou graduação receberá o seu subsídio e mais a diferença de 90% do posto ou graduação superior, pleito que busca atender toda a categoria de policiais e bombeiros militares.

Outro tema da pauta foi a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que autoriza a confecção do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por policiais militares do Estado do Sergipe, o que, além de diminuir gastos com a logística para atendimento à população, faria com que a viatura permanecesse mais tempo no seu setor de policiamento, já que muitas vezes o veículo policial permanece horas para entregar as ocorrências de menor potencial ofensivo à espera nas Delegacias da Polícia Civil.

“O presidente da Ales, dentro de suas atribuições, recebeu bem as propostas e ficou de analisar para posteriormente discutir com o governo do Estado. Foi muito importante essa agenda, porque o deputado Erick Musso é um parlamentar com ideias e projetos modernos. As propostas apresentadas podem ter cunho classista, mas o objetivo maior é contribuir para a melhoria da segurança pública de todos os capixabas”, salientou o presidente do Clube dos Oficiais, tenente-coronel Rogério.

“Tudo que queremos nesse momento é que o governo do Estado retome o diálogo com os policiais militares”, completou o dirigente classista.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger