DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL, ELE É O SECRETÁRIO QUE COMBATE CORRUPÇÃO NO ESPÍRITO SANTO: Eugênio Ricas é eleito vice-presidente do Conselho Nacional de Controle Interno

O secretário de Estado de Controle e Transparência do Espírito Santo, Eugênio Ricas, foi eleito vice-presidente do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci). A eleição da nova diretoria, para o biênio 2018-2019, foi realizada nesta sexta-feira (06/10), durante a 24ª Reunião Técnica do Conaci, que sucedeu o XIII Encontro Nacional dos Órgãos de Controle Interno, em Manaus (AM).

O novo presidente do Conaci será o controlador-geral do Rio Grande do Sul, Álvaro Fakredin. O 2º vice-presidente eleito é Flávio Jucá (CGE-CE). Eugênio Ricas ressaltou a importância da atuação no fortalecimento do controle interno no País.

“A responsabilidade de ser vice-presidente do Conaci é muito grande. Teremos a responsabilidade de continuar promovendo o nome e as ações do conselho não só no Brasil, mas em outros países. Também devemos continuar disseminando a cultura da importância da prevenção, que é alcançada com um controle interno eficiente e eficaz. Para o Espírito Santo, fica a certeza de que estamos no caminho certo e o orgulho de, mais uma vez, participarmos ativamente da representação do Conaci”, afirmou o secretário da Secont.

O Espírito Santo já teve representatividade na diretoria do Conaci, quando a atual secretaria de Estado de Governo, Ângela Silvares, foi presidente do conselho no biênio 2012-2013, período em que estava à frente da Secont.

Atuação

Atualmente, o Conaci é composto por 49 membros, representantes de secretarias de controle interno, auditorias gerais e ouvidorias gerais de 27 estados, Distrito Federal, União e 19 capitais. Sua atuação se dá a partir do intercâmbio de conhecimentos, práticas e informações, possibilitando um trabalho conjunto para a formulação, implementação e avaliação de políticas nacionais de controle e gestão.

“Para mim, foi uma  honra ser eleito vice-presidente do Conselho Nacional de Controle Interno. Quero agradecer a todos pela confiança e, particularmente, pela eleição por aclamação! Reitero que vamos fazer um grande esforço para manter o padrão já estabelecido, e avançarmos ainda mais. Desde que assumi a SECONT, me engajei muito nos trabalhos da secretaria e me orgulho por ter implementado, com a equipe de auditores, melhorias para a modernização do controle interno. Agora, me sinto também motivado a ajudar o Conaci da melhor forma possível, com comprometimento e responsabilidade na busca do fortalecimento do controle interno”, completou Eugênio Ricas, que é delegado de Polícia Federal licenciado.

Faz parte de suas atividades a coordenação e articulação das ações de interesse dos órgãos de controle interno, a realização de debates e eventos de interesse dos órgãos de controle interno, a coordenação e o desenvolvimento de programas e projetos voltados à construção de mecanismos de controle que possibilitem ao país avançar econômica e socialmente, aproximando o poder público dos cidadãos.

Desde que a Lei Anticorrupção foi sancionada pelo governo do Estado, no final de 2014, o Espírito Santo tem sido exemplo na prevenção, investigação e aplicação de sanções. Tudo fica a cargo da Secont, que tem à frente o delegado federal licenciado Eugênio Ricas. Desde então, foram instaurados 36 processos e aplicadas 13 condenações.

Pelo menos 15 empresas foram punidas, resultando cerca de R$ 3 milhões  em multas. A maior parte das empresas foi condenada por fraudar processos licitatórios ou contrato dele recorrente.

(Com informações também do Portal da Secont)
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger