quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Parceria firmada pelo Sindipol/ES vai dar descontos especiais na Pós-Graduação em Operações Policiais

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES), Jorge Emílio Leal, anunciou nesta quinta-feira (22/02) a assinatura de convênio com o Centro de Treinamento de Técnicas e Táticas Especiais (CTTE) para a realização do Curso de Pós-Graduação em Operações Policiais. Com a parceria firmada, os filiados ao Sindipol/ES vão ter condições especiais para realização da Pós-Graduação, que começa no dia 12 de maio de 2018.

O CTTE, que se destaca por ser um dos grupos mais completos na área de treinamento, prevenção e prestação de serviços de segurança, e o Sindipol/ES avisam que a Pós-Graduação em Operações Policiais já está com as matrículas abertas. O curso é ofertado pelo CTTE em conjunto com a Verbo Jurídico, uma empresa com ampla atuação no campo editorial e jurídico.

Os sindicalizados do Sindipol/ES têm desconto de 20% na matrícula. As aulas terão início no dia 12 de maio. O Sindipol/ES alerta que, de acordo com a Lei Complementar 657, para chegar à Classe Especial, o policial civil capixaba deve ter um curso de pós-graduação na área de segurança.

A Pós-Graduação em Operações Policiais terá duração de dois anos. Para quem é filiado ao Sindipol/ES, a matrícula sai a R$ 120,00; além de 24 parcelas de R$ 420,00. O TCC, ao final do curso, sai por R$ 500,00, podendo ser pago em duas parcelas. Para os não-filiados ao Sindipol/ES, a matrícula custa R$ 150,00; e mais 24 parcelas de R$ 480,00. O TCC continua R$ 500,0.

O objetivo da pós-graduação é especializar o agente de segurança pública visando uma padronização de procedimentos eficientes e seguros na busca da excelência no desempenho diário do combate à criminalidade urbana e ao terrorismo, propiciando uma visão diferenciada dos ensinamentos adquiridos nas academias de formação destes profissionais, visando oferecer-lhes técnicas mais seguras e procedimentos eficazes voltados para sua especialização.

Com corpo docente especializado internacionalmente, o curso é voltado para policiais civis, federais e militares, agentes de segurança judiciária, integrantes das polícias judiciárias, guardas municipais, agentes penitenciários, policiais rodoviários federais e estaduais, câmara legislativas e do senado federal.

A carga horária é de 420h divididas entre aulas práticas e à distância. As disciplinas práticas serão ministradas nos municípios de Vitória e Serra.

Para informações sobre as matrículas, os interessados devem entrar em contato com a Verbo Jurídico pelos telefones  0800 601 8686; (51)999 648 668; e (27)98813 7969.

“O livre saber nunca é demais, não ocupa espaço e ajuda nas necessidades. O profissional necessariamente deve estar preparado para enfrentar as adversidades”, pondera o presidente do Sindipol, Jorge Emílio.

Policiais fazem capacitação no Estande de Tiros do Sindipol/ES

Na última segunda-feira (19/02), policiais civis participaram de capacitação na sede social do Sindipol/ES, na Serra. Foi a sétima edição do Curso de Operador de Pistola ponto 40 realizada pelo sindicato. Pelo menos 20 sindicalizados participaram da capacitação no Estande de Tiro do Sindipol/ES.

As aulas foram ministradas pelo instrutor do Centro de Treinamento de Técnicas e Táticas Especiais (CTTE), Vinicius de Souza, que é especialista em Segurança Pública e policial civil do Rio Grande do Sul; e pelo diretor do Sindipol/ES Júlio Fanzeres.

“O sindicalizado é, sem dúvida, nosso maior patrimônio. Sua capacitação e valorização continuadas são de extrema importância. Já realizamos cursos para os aposentados, policiais da ativa, campeonatos, eventos de tiro esportivo e policial”, disse, Humberto Mileip, vice-presidente do Sindipol/ES.

O curso teve início às 9 horas com as aulas teóricas. Logo após, todos os alunos foram a campo para as modalidades práticas. Cada sindicalizado teve direito a 50 disparos. As primeiras atividades foram os tiros estáticos. Mais tarde os profissionais testaram suas habilidades nas práticas em movimento.

A agente de Polícia e diretora da Agenpol Paola Ruzzene participou da capacitação e falou sobre a importância.

“O Governo não tem proporcionado essas aulas. Então, o curso realizado pelo Sindipol/ES é cada vez mais importante para os policiais”, disse Paola.

Desde que assumiu, a atual Diretoria do Sindipol/ES modernizou completamente o Estande de Tiro, colocando o local entre os três melhores do país, segundo especialistas.

“Como instrutor do CTTE já dei aulas em estandes por todo Brasil, mas nenhum tem a estrutura que tem o Sindipol/ES. As pistas são bem divididas, estrutura muito boa mesmo”, conta Vinicius de Souza.

O Clube conta com uma área 100% gramada e um amplo estacionamento. O local também possui uma pista de 100 metros, para treinamentos de armas de longo alcance. Recentemente, o Estande recebeu o Certificado de Registro (CR) emitido pelo Exército. O documento garante a aquisição de armamento, munição, armazenamento de armamento e munição, ser uma empresa de instrução de tiro, recarregar munição e usar o espaço para uso desportivo (associação de tiro).

Os 20 contemplados na atual edição foram os primeiros que fizeram a inscrição quando as inscrições foram abertas. O Sindipol/ES adianta que novas turmas serão feitas e em breve divulgadas nos portais de comunicação do Sindicato.

“Estamos fazendo a nossa parte, investindo na qualificação e valorizando o policial civil do nosso estado. Na verdade, esse tipo de curso deveria partir do próprio governo, já que o aprendizado reflete diretamente no serviço prestado pelo policial civil a população capixaba. Queremos contemplar todos nossos sindicalizados e vamos continuar abrindo novas turmas, a fim de alcançar uma polícia valorizada, reconhecida pela importância, eficaz e cidadã.”, disse Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger