segunda-feira, 2 de abril de 2018

Carla Cola e Eliezer Siqueira de Sousa tomam posse como Corregedora-Geral e Ouvidor do Ministério Público do Estado do Espírito Santo

Em sessão solene realizada na quarta-feira (28/03), no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, os procuradores de Justiça Carla Viana Cola e Eliezer Siqueira de Sousa, tomaram posse nos cargos de Corregedora-Geral e Ouvidor do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), respectivamente, para atuação no biênio 2018/2020. Ambos foram eleitos no dia 26/02, em sessão do Colégio de Procuradores de Justiça.

Presidida pela procuradora-geral de Justiça do MPES, Elda Márcia Moraes Spedo, a sessão contou com a presença do presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, desembargador Annibal de Rezende Lima; do presidente da Associação Espírito-Santense do Ministério Público (AESMP), Adélcion Caliman; do procurador-geral do Estado, Alexandre Nogueira Alves, que representou o governador Paulo Hartung; membros do MPES em atividade e aposentados, servidores e colaboradores do MPES e advogados.

A nova corregedora-geral, Carla Viana Cola, agradeceu ao Colégio de Procuradores de Justiça pela eleição para a Corregedoria-Geral, e estendeu os agradecimentos aos familiares e servidores. “Recebo com humildade este precioso legado de serviço à instituição ministerial, conhecedora da enorme tarefa que me é apresentada”, disse Carla Cola.

A corregedora abordou a atuação no órgão. “A atividade correcional é a mais delicada das funções. A Corregedoria-Geral não tem como objetivo punir ou repreender. É preciso compreender que o trabalho correcional tem caráter antecipatório, de prevenir possíveis erros ou omissões do membro do Ministério Público, buscando sempre o aperfeiçoamento da prestação de serviço”, afirmou Carla Viana Cola.

Saudações

O procurador de Justiça e ouvidor empossado, Eliezer Siqueira de Sousa, agradeceu familiares, servidores e ao Colégio de Procuradores de Justiça, que o elegeu para o cargo. “Agradeço ao Colendo Colégio de Procuradores de Justiça por ter me concedido este voto de confiança para que eu compartilhe dos avanços desta nossa sagrada instituição, mormente no que concerne ao meu desempenho na Ouvidoria, que nacionalmente tem se revelado como parceira e elo entre o cidadão e o Parquet do nosso Estado”.

O ouvidor destacou também os avanços para a transparência pública trazidos pela Lei de Acesso à Informação (LAI – Lei nº 12.527/2011). “Seus dispositivos são aplicáveis a todos os poderes e, por isso, vem se revelando como importante canal para a consolidação da democracia no Brasil”.

Despedida

O procurador de Justiça e corregedor-geral do MPES que se despediu do cargo, José Cláudio Rodrigues Pimenta, disse ter a consciência de ter cumprido a missão conferida pelo Colégio de Procuradores de Justiça. “Pude ter a clara amplitude e dimensão das ações ministeriais na defesa da sociedade e a grandeza da nossa instituição”, afirmou. Disse ainda ter dedicado a atuação na  Corregedoria-Geral aos aprimoramentos funcional e institucional, com permanente diálogo e aconselhamento aos colegas.

Por fim, desejou êxito à corregedora-geral, ao novo sub-corregedor-geral, Gustavo Modenesi Martins da Cunha, e ao ouvidor. “Que possam trazer ao Ministério Público muitas vitórias e melhores dias”, assinalou.

Após a solenidade de posse, o presidente da Associação Espírito-Santense do Ministério Público cumprimentou os empossados, desejando a eles votos de sucesso:

"Em nome da Diretoria e de todos os associados da AESMP, parabenizo e desejo boa sorte à doutora Carla Viana Cola, como nova Corregedora do Ministério Público. E, ao mesmo tempo, quero estender os parabéns e votos de boa sorte ao doutor Eliezer Siqueira de Sousa, nosso mais novo Ouvidor”, pontuou Adélcion Caliman.

(Com informações do Portal do MPES)


 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger