segunda-feira, 11 de junho de 2018

Cobrapol lança nota de apoio a candidaturas de policiais civis às eleições de outubro

A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) lançou uma nota de apoio às candidaturas de policiais civis para as eleições deste ano, marcadas para outubro. No documento, a entidade lembra as graves crises política, econômica e social que atingem o País e conclama a categoria a engajar-se no pleito de 2018.

A nota também lembra as tentativas de retirada de direitos dos trabalhadores policiais civis e a necessidade urgente de um esforço coletivo para mudar a representação política, especialmente a do Congresso Nacional.

De acordo com o presidente da Cobrapol, André Luiz Gutierrez, a entidade luta há muitos anos para melhorar a situação da segurança pública brasileira. Segundo ele, existem muitos Projetos de Lei e Propostas de Emenda Constitucional que estão paradas na Câmara dos Deputados e que, se aprovadas, poderiam melhorar a segurança pública.

Surgiram este ano diversas pré-candidaturas de policiais civis apoiadas pela Cobrapol. Uma delas é a do atual presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindpoc), Marcos Maurício, 44 anos, que lançou a pré-candidatura ao Governo do Estado. A candidatura é pelo Partido Social Democrata Cristão  (PSDC). Marcos Maurício tentará chegar ao Palácio de Ondina com a proposta de reduzir os índices de violência e desemprego na Bahia:

“Precisamos de desenvolvimento econômico aliado a uma qualidade no serviço público e de valorização do servidor. A gestão precisa implementar políticas públicas eficientes nas áreas da Saúde, Educação, Segurança Pública e geração de emprego e renda”, comentou o pré-candidato.

Outro pré-candidato é o agente de Polícia capixaba Humberto Mileip, que acaba de se licenciar da vice-presidência do Sindipol/ES para se dedicar à pré-campanha e, depois das convenções, à campanha eleitoral propriamente dita:

“Diante da inércia do legislativo federal e das limitações da luta sindical, há pouco mais de dois anos a Cobrapol lançou um projeto no sentido de ocupar espaços de poder que possibilitem uma luta mais justa em prol da segurança pública nacional. E nesse cenário surgiram as pré-candidaturas de policiais civis em quase todos os estados brasileiros. Aqui no Espírito Santo, nosso grupo, apoiado pela Cobrapol, escolheu meu nome para representar esse projeto. Avaliamos a possibilidade de disputar uma vaga na Câmara Federal, mas achamos mais viável e plausível a disputa estadual. Há mais de um ano estamos agregando ao nosso grupo apoiadores por todo o Estado e assim nossa luta tem se fortalecido em diversos nichos. Agora chegou a hora de cumprir o mandamento legal previsto na lei complementar n. 64/90, que exige o afastamento, a título de desincompatibilização, das diretorias das entidades das quais sou diretor, o Sindipol, a Associação dos Agentes de Polícia Civil (Agenpol) e Cobrapol”, disse Humberto Mileip.

Até o momento, segundo a Cobrapol, os pré-candidatos são:

Humberto - dep estadual ES
Nilton - dep estadual RR
Márcio - dep estadual RJ
Áureo - dep estadual PE
Itamir - dep estadual AC
Keithe - dep estadual GO
Tony Bóson - dep estadual PI
Gian - dep federal MS
Sá Marques - dep federal MA
Marcelo Penha - dep estadual (MA)
Lucas - dep federal CE
Sidney- dep federal PR
Marcos Mauricio - governador BA

(Texto atualizado às 9h44 do dia 10/07/2018)
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger