quinta-feira, 5 de julho de 2018

PAULO HARTUNG TEM 41,7% DE REJEIÇÃO: Casagrande sobe para 32,5% e ultrapassa Hartung em pesquisa do Instituto Paraná

Pesquisa realizada pelo Instituto Paraná aponta que o ex-governador Renato Casagrande (PSB) está à frente da disputa com 32,59% das intenções de votos. A pesquisa, estimulada, foi realizada por meio de entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 50 municípios capixabas, durante os dias 28 de junho a 3 de julho de 2018. Pela primeira vez, um instituto divulga também o índice de rejeição do governador Paulo Hartung, que neste momento da pré-campanha chega à casa dos 41,7%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número/ES 02366/2018. A margem de erro da pesquisa é de “aproximadamente 2,5%” para os resultados gerais.

Em segundo lugar vem o atual governador Paulo Hartung (MDB), que deverá disputar à reeleição, com 32%. O resultado é de um dos três cenários pesquisados pelo Instituto Paraná. Em um segundo  cenário, também na menção estimulada, Casagrande lidera com 30,3% dos votos, contra 29,6% de Hartung. Em outro cenário, Renato Casagrande tem 27,9% e Hartung, 27,5%. Em todos os cenários, na pesquisa do Instituto Paraná, Casagrande cresceu e ultrapassou Hartung em relação  à pesquisa divulgada, recentemente, pelo Instituto Enquet, que é capixaba.

O Instituto Paraná apresenta ainda  o nome do deputado estadual e apresentador de programa policial na TV Amaro Neto (PRB), que surge na terceira colocação com 12,1% das intenções de votos. Amaro vem no primeiro cenário da pesquisa. O dono do “Balanço Geral” capixaba está à frente do senador Ricardo Ferraço (PSDB), com 5,8% dos votos; da senadora Rose de Freiras (Podemos), 4%; do Coronel PM Foresti (PSL), 2,6%; do advogado André Moreira (Psol), 1,4%; e do militante políticos profissional Gustavo de Biase (Rede), que também aparece pela primeira vez numa pesquisa, com apenas 0,6% das intenções de votos.

Num segundo cenário, o Instituto Paraná retira o nome de Amaro Neto e apresenta o do delegado federal aposentado Rodney Miranda, que foi deputado estadual por dois anos, prefeito de Vila Velha (não conseguiu se reeleger) e secretário da Segurança Pública (por duas vezes) e secretário de  Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb) nos governos Hartung. Rodney Miranda vem em quinto lugar, nesse cenário, com apenas 3,3% das intenções de votos.

Neste segundo cenário, a liderança é também de Renato Casagrande, com 30,3% dos votos, enquanto Paulo Hartung tem 29,6%; Ricardo Ferraço, 6,3%; Rose de Freiras, 5,1%. Mais atrás, inclusive de Rodney Miranda, aparecem o coronel Foresti, 2,8% das intenções de votos; André Moreira, 1,4%; e Gustavo de Biase, 0,8%.

Já no terceiro cenário, desenvolvido pelo Instituto Paraná, a liderança de Renato Casagrande sobe para 32,5% das intenções de votos, contra 32% de Hartung. Nesse cenário não aparecem mais os nomes de Ricardo Ferraço, Amaro Neto, Gustavo De Biase  e Rodney Miranda.

Nele, a senadora Rose de Freitas continua com pouca expressão, chegando apenas a 6,2% das intenções de votos dos entrevistados, enquanto o Coronel Foresti tem 3,2% e André Moreira, 1,8%.

Rose e Hartung disputam liderança na rejeição

Se as empresas de comunicação capixabas deixam de publicar os resultados da rejeição das pesquisas contratadas aos institutos do Estado – por interesses políticos e ou econômicos –, o Instituto Paraná divulga amplamente o resultado do seu trabalho. Mostra que o atual governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, tem 41,7% de rejeição. A senadora Rose de Freitas é a primeira colocada no quesito: 56,8% dos eleitores responderam que “não votariam nela de jeito nenhum para governadora  do Estado”.

A rejeição a Casagrande é de 33,2%. Em compensação, 47,3% disseram que “poderiam votar nele (Casagrande) para governador”. Nesse item, Hartung tem 38,2% e, Rose de Freitas, 29,9%.

Metodologia

O Instituo Paraná informa que a pesquisa de opinião pública realizada no Espírito Santo teve o objetivo de consultar à população sobre a situação eleitoral para o Executivo Estadual e Legislativo Federal e avaliação da administração Estadual – posteriormente, o Blog do Elimar Côrtes abordará os resultados para o Senado e sobre a avaliação do governo do Estado.

Para a realização da pesquisa foi utilizada uma amostra de 1.540 eleitores, sendo esta estratificada segundo sexo, faixa etária, grau de escolaridade e nível econômico. O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 50 municípios durante os dias 28 de junho a 03 de julho de 2018, sendo auditadas simultaneamente à sua realização, 20,0% das entrevistas.

Tal amostra representativa do Estado do Espírito Santo atinge um nível de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,5% para os resultados gerais.

Pesquisa Rede Sim

No dia 2 de julho de 2018, a Rede Sim de Comunicação publicou resultados de pesquisa, contratada junto ao Instituto Enquet, que é do Espírito Santo, em que mostra que o atual governador Paulo Hartung e o ex-governador Renato Casagrande estariam tecnicamente empatados na disputa pelo governo do Estado. Hartung aparecia na frente, com 30,5% das intenções de votos, enquanto Casagrande obteve 29,1%. Num eventual segundo turno, entre os dois, no entanto, Casagrande venceria, com 39,6% das menções dos eleitores, enquanto Hartung obteve 38,2%.

Na pesquisa da Enquet/Rede Sim, foram entrevistadas 1.300 pessoas entre os dias 23 e 26 de junho em 37 municípios. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número ES-02563/2018.

Os resultados do Instituto Paraná mostram, portanto, crescimento de Renato Casagrande. Se na Enquet ela tinha 29,1% dos votos, agora chega a 32,5% da menção dos eleitores, ultrapassando Paulo Hartung em termos de comparação.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger