terça-feira, 25 de setembro de 2018

Candidato ao Senado, Subtenente Assis diz que o Espírito Santo precisa ser representado por homens com moral e dignidade

Sérgio de Assis Lopes, 41 anos, evangélico, subtenente do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Espírito Santo e “candidato ao senado pela coligação Em defesa da Vida e da Família”, que tem o seu partido, o PSL, o PR do Magno Malta e o PRB, do Amaro Neto. “O Espírito Santo tem de ser representado, no Congresso Nacional, por pessoas com moral e dignidade. O eleitor precisa conhecer a história de cada candidato”, diz o Subtenente Assis, que, na foto, está ao lado do senador Magno Malta, do delegado de Polícia e candidato a deputado federal Lorenzo Pazolini e da jornalista Karla Malta, no estúdio de gravação do senador, em Vila Velha.

O bombeiro-militar se considera o braço guerreiro do PSL do Bolsonaro no Espírito Santo.

“O povo cansou das mazelas dos governos de esquerda e quer renovar os valores, lutar contra a PL 122, que tem como objetivo tornar a união homoafetiva no mesmo conceito de família tradicional; total repúdio a possível volta da cartilha gay; não aceita a descriminalização da maconha; é contra o aborto; defende que corrupção deve ser considerada crime hediondo; quer acabar com a progressão de regime; e a favor da redução da maioridade penal e defende o legítimo direito de defesa como a revogação do estatuto do desarmamento”, explica o Subtenente Assis os motivos que lhe conduziram para disputar esta eleição.

Segundo ele, o Espírito Santo não pode ser representado por homens sem moral e dignidade.

“O eleitor precisa conhecer a história de cada candidato. Hoje, basta entrar nas redes sociais que encontramos muitas coisas dos candidatos ao Senado pelo Espírito Santo. Veja só estas pérolas postadas no Instagram de um candidato ao senado: ‘Gays, bissexuais, lésbicas e transexuais, por favor, saiam do armário. Precisamos de espaço para trancar os homofóbicos’. Já não basta um Jean Wyllys na Câmara Federal?”, questiona o Subtenente Assis.

Outra publicação questionável é um print com os seguintes dizeres: “Como explicar para o meu filho dois homens se beijando”? “Colega, vc explicou que a Eva nasceu de uma costela e conversou com a cobra. Te vira!”

“Este print mostra que existe o falso moralista, que pretende enganar o povo capixaba e, quando chegar em Brasília, vai representar a minoria LGBT e não o povo do Espírito Santo”, diz Assis.

“A grande imprensa, nunca noticiou estes fatos. Minha luta é pela família, pelos valores cristãos e defendo uma sociedade firmada nos pilares da ética, da moral e dos bons costumes”, afirmou o candidato do PSL.

Há 20 anos no Corpo de Bombeiros, Subtenente Assis tem também projeto para a segurança pública. “Precisamos valorizar os profissionais de segurança pública, garantir retaguarda jurídica aos policiais e autonomia à Polícia Federal no combate a corrupção, no mesmo formato do Ministério Público”, prometeu o candidato.

Assis faz questão de deixar claro que suas prioridades estão ligadas aos valores de família e costumes. “O casamento civil   homossexual já está pacificado pela resolução 175 do CNJ. Não tenho nada contra e nenhum preconceito com os homossexuais, que merecem ter seus direitos garantidos. Só não podemos aceitar que queiram os mesmos status de família tradicional, que pelos meus princípios, tem como objetivo a procriação e dando ao homem e a mulher uma missão importante neste contexto. Eles querem levar para as igrejas este comportamento que não tem base bíblica”.

De acordo com o Subtenente Assis,  é dever de um Senador da República olhar não só para o social, mas  para o desenvolvimento em um todo.

“São conjunto de valores. O Espírito Santo tem vocação para o mercado internacional com um grande complexo portuário e precisamos defender nossos interesses e lutar para resgatar o Fundap, roubado do Espírito Santo”, finalizou Assis, que tem o apoio do senador Magno Malta.

(Fotos: Facebook do senador Magno Malta)

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger