quarta-feira, 21 de novembro de 2018

PASTA CUIDA DO SISTEMA PRISIONAL, QUE ENFRENTA CRISE POR FALTA DE INVESTIMENTO: Diretor da Associação Nacional dos Delegados Federais vai ser o secretário da Justiça do Espírito Santo

O diretor Regional da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) no Rio de Janeiro, delegado Luiz Carlos de Carvalho Cruz, será o secretário de Estado da Justiça do Espírito Santo a partir de janeiro de 2019. A Sejus é responsável pelo sistema prisional capixaba, que hoje atravessa uma crise pela falta de investimento do governo Paulo Hartung.

O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (21/11) pelo governador eleito Renato Casagrande (PSB), que confirmou mais dois nomes para seu secretariado: Fábio Damasceno, para a Secretaria de Transportes e Obras Públicas, e a advogada Nara Borgo para a Secretaria de Direitos Humanos. Na mesma coletiva, Casagrande informou o nome de Luiz César Mareto Coura como futuro diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Luiz Carlos Cruz vai assumir o cargo que hoje é ocupado por outro delegado federal, Walace Pontes, na Pasta que é responsável pelo sistema prisional capixaba. O anúncio de seu nome acontece justamente no dia em que o Complexo Prisional de Viana, na Grande Vitória, registrou mais uma fuga.

Na tarde desta terça-feira (21/11) fugiu do presídio o homicida e assaltante Matheus Ferreira Urbano, acusado também de ser responsável pelo tráfico de drogas na região de Praia Grande, em Fundão, e Nova Almeida, na Serra. Conhecido como Patatá, ele fugiu pela quadra, ao término do banho de sol da galeria C do Centro de Detenção Provisória II de Viana.

O delegado federal Luiz Carlos Cruz é formado em Direito pela UERJ e Ciências Náuticas. Foi chefe da Delegacia de Polícia Marítima por sete anos. Coordenou a Comissão Estadual de Segurança Pública de Portos Terminais e Instalações Portuárias e Vias Navegáveis do Estado do Rio.

Foi presidente da Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis por seis meses. Foi diretor de Operações da Secretaria Extraordinária para segurança de grandes eventos do Rio, responsável pelo Planejamento, Treinamento e Coordenação das ações de segurança para eventos como a Jornada Mundial da Juventude, Copa das Confederações, Copa do Mundo FIFA 2014 e Jogos Olímpicos Rio 2016.

Fábio Damasceno – Secretário de Transporte e Obras Públicas: Fábio Ney Damasceno, 43 anos. É engenheiro civil, com especialização em transportes pela Faculdade de Engenharia Industrial São Bernardo do Campo (FEI). Cursou mestrado em transportes e fez pós-graduação em Administração Pública e Gestão de Cidades. Atua na área de transportes desde 1996 e já trabalhou na Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo e em outras empresas de consultoria do setor. Foi diretor de Transportes do DER (ES) e secretário municipal de Transportes e Infraestrutura Urbana de Vitória (ES). Na primeira gestão Casagrande. Foi secretário de Estado dos Transportes e Obras Públicas. Durante um ano foi secretário-adjunto da Secretaria de Mobilidade do DF. Desde setembro de 2016 ocupa o cargo de secretário de Mobilidade do Distrito Federal.

Nara Borgo – Secretária de Direitos Humanos: Nara Borgo Cypriano Machado, 39 anos. Mestre em Direito. Especialista em Direito Penal Econômico (Universidade de Castilha – La Mancha – Espanha) e Direito Penal (Universidade Mar Del Plata – Argentina). Professora universitária. Cursa MBA em Gestão de Pessoas. Já foi vice-presidente da OAB/ES, presidente da comissão de direitos humanos da OAB e atuou como conselheira no Conselho estadual de Direitos Humanos. Atualmente é secretária municipal de Direitos Humanos da Prefeitura de Vitória.

Luiz Cesar Maretto – Diretor do DER e IOPES: Luiz Cesar Maretto, 58 anos, é Engenheiro Civil formado pela Universidade Gama Filho. Foi diretor do Dertes e diretor de transporte do DER. Na primeira gestão Casagrande foi diretor do Instituo de Obras Públicas do Espírito Santo (IOPES).

Formação da equipe

Renato Casagrande já anunciou outros nomes para seu secretariado. São eles: o delegado federal Roberto Sá (Segurança Pública de Defesa Social); o economista Tyago Hoffman (Secretária de Governo); o professor Vitor de Angelo (Educação); o advogado e procurador do Estado Rodrigo Francisco de Paula (Procuradoria-Geral do Estado); Álvaro Duboc (Planejamento); Flávia Mignoni (Comunicação Social); Rogélio Pegoretti (Fazenda); David Diniz (Casa Civil); e Luiz Paulo Vellozo Lucas (Instituto Jones dos Santos Neves).


 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger