sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Polícia prende militar acusado de extorquir deputado Amaro Neto em 500 mil reais

A Polícia Civil acaba de prender o aluno-sargento da Polícia Militar Fernando Marcos Ferreira, pela acusação de extorquir o apresentador de TV e deputado estadual Amaro Neto. A prisão aconteceu na tarde desta sexta-feira (30/11) por policiais da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Eletrônicos, em Campo Grande, Cariacica, depois de receber orientação do delegado Breno de Andrade de Souza Silva. A Polícia Militar deu apoio na operação que culminou na prisão do aluno-sargento Fernando.

O PM foi preso em flagrante por extorsão, no momento em que telefonava para o deputado Amaro Neto, exigindo os R$ 500 mil. O crime contou com a participação também da esposa dele. O deputado estadual Amaro Neto foi eleito, em 7 de outubro deste ano, ao cargo de deputado federal, sendo o mais votado do Espírito Santo, com 181.813 votos. O flagrante contou com a ajuda de um assessor parlamentar de Amaro Neto, que foi com a equipe da Polícia Civil até a residência do cabo Fernando.

A Polícia apreendeu celulares do policial Fernando e da esposa dele, além de fotos e outros  documentos, inclusive bancários.

Atualmente, o PM Fernando, que é da Companhia Independente de Viana, estava participando do Curso de Habilitação de Sargentos na Academia de Polícia Militar (APM). Ele ainda é cabo e o curso é necessário para que seja promovido a sargento.

O Departamento Jurídico da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros (ACS/ES) já se encontra dando amparo jurídico ao cabo Fernando, por meio do advogado Claudius Cabellero, fazendo acompanhamento do Auto de Prisão em Flagrante na Divisão Patrimonial.


 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger