quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

NOVAS LEIS VÃO CORRIGIR INJUSTIÇAS COMETIDAS POR HARTUNG, NYLTON RODRIGUES E RAMALHO: Comando da Polícia Militar entrega às Associações de Classe propostas para alteração das Leis de Promoção de Praças e Oficiais do Espírito Santo

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Moacir Leonardo Vieira Barreto Mendonça, entregou às Associações de Classe de Oficiais, Sargentos e Subtenentes, Cabos e Soldados, anteprojetos que estabelecem mudanças nas Leis de Promoção de Praças e Oficiais. O comandante cumpriu, assim, o que ficou celebrado pelo governador Renato Casagrande (PSB), que garantiu às lideranças de classe que somente enviará os Projetos de Lei Complementares à Assembleia Legislativa após amplo debate com as entidades.

De acordo com a PM, as Associações de Classe receberam oficialmente as minutas dos PLCs na noite de terça-feira (19/02), em reunião no Estado-Maior Geral da Corporação. As minutas foram elaboradas por Comissões Mistas de Estudos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, composta por oficiais e praças das corporações, após validação dos secretários de Segurança Pública e Defesa Social e de Economia e Planejamento, respectivamente, Roberto Sá e Álvaro Duboc.

Cabe agora às Associações de Classe estudarem as proposições e promoveram um amplo debate interno nos círculos hierárquicos das duas corporações, antes do envio do projeto à Assembleia Legislativa pelo Governo Estadual.

Com isso, o Governo pretende, até abril deste ano, corrigir injustiças que produziram  um elevado clima de insatisfação no ambiente interno das corporações militares estaduais, desde quando as leis vigentes foram publicadas no ano de 2017.

A partir de abril de 2017, o ex-governador Paulo Hartung e os ex-comandantes da PM, coronéis Nylton Rodrigues e Alexandre Ramalho,  fizeram a Assembleia Legislativa aprovar mudanças radicais nas Leis de Promoção de Oficiais e Praças, como forma de castigo e retaliação por conta do movimento de aquartelamento realizado durante 22 dias de fevereiro daquele ano.

Após o debate no âmbito das associações representativas das classes dos policiais e bombeiros militares, a proposta será apresentada ao governador Renato Casagrande para avaliação e envio à Assembleia Legislativa.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger