quinta-feira, 21 de março de 2019

Entidades de classe da Polícia Civil se reúnem com o governador Casagrande

O governador Renato Casagrande recebeu, na tarde de quarta-feira (20/03), no Palácio Anchieta, dirigentes do Sindicato dos Policiais Civis e das Associações dos Escrivães e Agentes de Polícia do Espírito Santo. Conversaram sobre assuntos de interesse de toda categoria, como recomposição salarial, incorporação de escala especial, nível superior para os agentes de Polícia Civil, abertura do Hospital da Polícia Militar para os policiais civis e o tempo de PM e bombeiro militar para contagem na tabela de referências dos profissionais que deixaram essas duas corporações e ingressaram na PCES.

No encontro, que abriu as negociações dos policiais civis com o atual governo do Espírito Santo, a comitiva sindical foi recebida pelo governador e pelos secretários Álvaro Duboc (Planejamento) e Tyago Hoffman (Secretário de Governo). Eles ouviram atentos os argumentos e pedidos dos diretores do Sindipol/ES, da Aepes e Agenpol. Na reunião, foram discutidas e avaliadas diversas formas de dar melhores condições de trabalho para o policial civil e reestruturar a instituição.

“A recomposição salarial é algo inquestionável, previsto em lei e foi negada pelo governo anterior. É necessária para manter o poder de compra da família do policial civil. Proporcionar atendimento médico no HPM também é uma forma de valorizar nossos guerreiros. Também pedíamos ao governador que o estado considere o tempo que policiais civis trabalharam na Polícia Militar na adequação das referências em cargos da PC/ES”, pontuou Jorge Emilio Leal, presidente do Sindipol/ES.

De acordo com o Portal do Sindipol, Renato Casagrande falou sobre sua política de governo e como pretende valorizar os policiais e reestruturar a Polícia Civil:

“O governador também pretende valorizar os policiais modernizando e reestruturando a Polícia Civil com tecnologia. Os investimentos serão direcionados na recomposição do quadro operacional, na compra de equipamentos e, consequentemente, no treinamento dos policiais civis, o que vai valorizar a carreira dos profissionais em termos até mesmo financeiros”, explicou Humberto Mileip, vice-presidente do Sindipol/ES.

O Sindipol/ES já estava dialogando e se reunindo com o governador Casagrande antes mesmo das eleições. Para os representantes dos policiais civis capixabas, o início das negociações com o governo para conseguir benefícios e avanços para toda categoria foi positivo.

“O trabalho tem que ser conjunto e é isso que estamos fazendo. Apresentamos ao governador Casagrande antes mesmo das eleições um raio x da Polícia Civil e nossas propostas para reestruturar a instituição e valorizar os profissionais. Percebemos que ele está contemplando nossos pleitos e propostas dentro do plano de governo. Isso já é um grande avanço”, finalizou Aloísio Fajardo, diretor financeiro do Sindipol/ES.

(Com informações do Portal do Sindipol/ES)

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger