quinta-feira, 11 de abril de 2019

Batalhão de Cariacica divulga resultados operacionais do 1° trimestre

O primeiro trimestre de 2019 finalizou de maneira positiva para o 7° Batalhão da Polícia Militar (Cariacica) no que diz respeito ao quantitativo de armas de fogo apreendidas, de mandados judiciais cumpridos e de veículos recuperados no município. Foram apreendidas 82 armas de fogo de calibres diversos apreendidas no município.

Foram ainda cumpridos ainda 83 mandados de prisão ou de busca e apreensão no período. Houve a detenção de 905 pessoas em virtude da prática de diversos crimes ou contravenções. No período assinalado foram recuperados 271 veículos com restrição de furto ou roubo na cidade.

Os policiais militares do 7° Batalhão intensificaram as abordagens a veículos de passeio e a ônibus em 2019. Centenas de ônibus foram parados em ruas, avenidas e rodovias, com os passageiros sendo abordados, aumentando, assim, a sensação de segurança de motoristas, cobradores e usuários do transporte coletivo.

“Foram abordagens e visitas tranquilizadoras dos nossos policiais militares com vistas ao enfrentamento de crimes contra o patrimônio a essa modalidade de transporte”, comentou o comandante do 7º BPM, tenente-coronel Paulo Roberto Schulz Barbosa.

A intensificação das abordagens a veículos de passeio, a táxis e a demais veículos permitiu que não houvesse nenhum registro de roubo contra taxistas durante todo mês de março.

O 7° Batalhão da PMES contabilizou ainda o quantitativo superior a 19 mil unidades de drogas ilícitas no município. O enfrentamento ao tráfico de drogas ocorreu de maneira conjunta às ações de enfrentamento aos crimes contra a vida.

“Em geral há relação entre crimes contra a vida e o tráfico de entorpecentes. Nesse sentido, continuaremos realizando ações de polícia ostensiva de maneira conjunta às ações de inteligência no município. O objetivo é que consigamos resultados ainda mais consistentes nas ações de enfrentamento à criminalidade na região. Haverá a intensificação dessas ações nos próximos meses”, assegurou o tenente-coronel Schulz.

Outro dado positivo é que, entre janeiro a março, os policiais militares da Patrulha Maria da Penha realizaram 312 visitas a mulheres que já foram vítimas de violência doméstica e ou que possuem medidas protetoras expedidas pela Justiça.

O tenente-coronel Schulz assinalou ainda que as comunidades devem continuar auxiliando o trabalho da Polícia Militar, por meio de denúncias e informações pelos telefones 190 e 181, o Disque-denúncia.

A Polícia Militar capixaba tem demonstrado toda sua vocação para o policiamento preventivo e ostensivo, agora atuando de forma bem mais profícua, sobretudo depois da retomada do Programa Estado Presente. Vai  ocupando novamente o seu espaço e tornando-se referência, trabalhando de forma unida com as comunidades. Como diz o conceito de Maquiável, tão bem empregado pela Polícia Interativa da PMES nos idos dos anos 80, “o povo conspira com quem o protege”.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger